Divulgação
Divulgação

Vitória vira sobre o Náutico e encerra jejum

Time baiano está na 11.ª posição, enquanto os pernambucanos continuam na lanterna

HELIANA FRAZÃO, Agência Estado

15 de setembro de 2013 | 20h49

SALVADOR - O Vitória saiu atrás, precisou virar o placar, mas venceu o Náutico por 2 a 1 na noite deste domingo, no Barradão, em Salvador, em partida válida pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foi um jogo disputado, com várias tentativas de gol e muitos passes errados, mas que permitiu ao time baiano quebrar o jejum de seis partidas sem triunfo.

Com o resultado, o Vitória sobe para a 11.ª posição, com 27 pontos, e se afasta da zona de rebaixamento. Já o Náutico, lanterna da competição, continua com nove pontos. Para escapar, precisaria vencer pelo menos 12 dos últimos 17 jogos.

A equipe pernambucana começou melhor na partida, abrindo o placar aos 14 minutos do primeiro tempo. O responsável pelo tento foi Hugo, que recebeu de Tiago Real e bateu rasteiro direto para o gol de Wilson, sem chance de defesa. Mas o Vitória se recuperou, partiu para cima, e aos 20 minutos Dinei recebeu cruzamento de Ayrton, cabeceou e deixou tudo igual no Barradão.

O segundo tempo também começou de forma ameaçadora para o time da casa. Aos 20 segundos de bola rolando, Hugo recebeu na área e mandou direto para o gol, mas Wilson não deixou a bola entrar.

Nos minutos seguintes o time baiano partiu para o ataque e, aos 5 minutos, foi a vez de Ayrton tentar o desempate, mas Berna defendeu. Aos 25 minutos, porém, não deu para o goleiro do Náutico, e Dinei, mais uma vez, balançou a rede de Berna. Recém entrado em campo, Neto Coruja tocou para Juan, que cruzou para Dinei, virando a partida em favor do Vitória.

Embalado, o Vitória seguiu no ataque, Marquinhos impôs novo susto ao Náutico, tentando marcar o terceiro, mas esbarrou na zaga. O Náutico ainda esboçou uma reação, mas não adiantou.

FICHA TÉCNICA:

VITÓRIA 2 X 1 NÁUTICO

VITÓRIA - Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Michel, Cáceres (Neto Coruja), Renato Cajá e Marquinhos; Maxi Biancuchi (Vander) e Dinei. Técnico - Ney Franco.

Náutico - Ricardo Berna; Derley, Jean Rolt, William Alves e Bruno Collaço; Elicarlos, Helder (Morales), Martinez e Tiago Real (Peña); Jones Carioca (Jonatas Belusso) e Hugo Técnico - Levi Gomes.

GOLS - Hugo, aos 14, e Dinei, aos 20 minutos do primeiro tempo; Dinei, aos 25 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).

CARTÕES AMARELOS - Martinez e Elicarlos.

RENDA - R$ 86.301.

PÚBLICO - 10.054 pagantes.

LOCAL - Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador (BA).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVitóriaNáuticoBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.