Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Vitórias com atuações ruins: desempenho recente do São Paulo preocupa Dorival

Apesar de vencer as duas últimas partidas, contra Madureira e Botafogo-SP, time ouviu vaias da torcida

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

04 de fevereiro de 2018 | 07h00

As duas últimas vitórias do São Paulo, 1 a 0 sobre o Madureira pela Copa do Brasil e 2 a 0 sobre o Botafogo-SP pelo Paulistão, vieram com um gosto amargo para o time. Apesar dos bons resultados, o que foi apresentado em campo não convenceu o torcedor, que respondeu com vaias nos dois jogos.

Cueva admite que 'deve ao clube' e diz: 'Atire a primeira pedra quem nunca pecou'

Para o técnico Dorival Junior, a culpa é do calendário apertado. O São Paulo fez seis jogos em 17 dias. "Tivemos apenas doze dias de trabalhos antes desta sequência. É impossível cobrar dos jogadores algo além (do que vem sendo apresentado). Isso sobrecarega a equipe."

O treinador afirma que previu este desempenho abaixo do esperado. "Não vou lamentar esta sequência, mas eu já sabia que sofreríamos. Por isso pensava em ter duas equipes prontas para jogar, mas os primeiros resultados nos fizeram mudar esta ideia. Depois da próxima quarta (duelo contra o Bragantino), teremos uma semana em aberto para nos recuperarmos."

Cobrado pela más atuações, mesmo com vitórias, Dorival pede comparações. "Quem está fazendo um futebol convincente neste início de temporada? Não vejo nenhum time atuando desta forma. Nossa partida convincente até agora foi contra o Mirassol, para mim, praticamente perfeita taticamente."

O São Paulo enfrenta o Bragantino na próxima quarta, às 21h45, de novo no Morumbi, em partida adiantada da 6ª rodada do Campeonato Paulista. Depois disso, o time volta a campo somente na quinta, 15, contra o Ituano, fora de casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.