Viúva de Robert Enke cria fundação para tratar depressão

A Federação de Futebol da Alemanha anunciou nesta sexta-feira que a viúva do goleiro Robert Enke vai comandar uma fundação dedicada à pesquisa e ao tratamento da depressão.

AE, Agencia Estado

15 de janeiro de 2010 | 17h09

A entidade terá o nome do ex-jogador do Hannover que se suicidou em novembro, ao se lançar na frente de um trem. Dias depois da morte do atleta, a viúva, Teresa Enke, revelou que seu marido sofria de depressão há seis anos.

A fundação será mantida pela Federação Alemão, pela Liga Alemã, e pelo Hannover, clube que o jogador defendeu nos últimos anos. Nesta sexta, Teresa Enke foi indicada para ser a diretora da entidade.

O presidente da federação, Theo Zwanziger, elogiou a viúva do goleiro ao descrevê-la como "uma mulher forte e comprometida, à qual daremos todo o apoio para os próximos passos da fundação".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRobert Enkefundaçãoviúva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.