Ivan Sekretarev/ AP
Ivan Sekretarev/ AP

Vladimir Putin sugere Joseph Blatter para prêmio Nobel

'Não acredito que ele esteja ligado com corrupção', diz russo

Jamil Chade, Corresponde em Genebra, O Estado de S. Paulo

27 de julho de 2015 | 16h47

Vladimir Putin, presidente da Rússia, lança Joseph Blatter como candidato para prêmio Nobel. Em entrevista à TV pública da Suíça, o chefe do Kremlin saiu em defesa do dirigente da Fifa que, apesar dos escândalos, tem mantido a Copa do Mundo de 2018 no país de Putin.

"Eu acho que pessoas como o sr. Blatter ou os chefes de grandes federações esportivas internacionais, ou dos Jogos Olímpicos, merecem um reconhecimento especial", disse Putin à RST. "Se há alguém que merece o prêmio Nobel, (ele) é dessas pessoas", insistiu.

Neste fim de semana, Blatter fez sua primeira viagem fora da Suíça desde que as prisões dos cartolas ocorreram no dia 27 de maio. Temendo ser detido e entregue às autoridades dos EUA, Blatter optou por não ir a alguns dos maiores torneios da Fifa. Mas, no sábado, esteve em São Petersburgo para o sorteio das Eliminatórias e num país que lhe deu garantias de que não seria preso e muito menos extraditado aos EUA.

Uma das investigações tanto na Suíça quanto nos EUA se refere às suspeitas de que os russos compraram votos para sediar o Mundial de 2018. Blatter acusou os americanos e ingleses de montar um complô e de terem lançado a investigação por conta da derrota que sofreram nas urnas na busca por sediar a Copa do Mundo. 

Hoje, Putin deixou claro que a tese do complô também é compartilhada no Kremlin. "Não acredito em uma só palavra sobre ele (Blatter) estar envolvido em corrupção", disse o russo. Para o presidente da Rússia, a operação da Justiça  e a "luta contra a corrupção" nada mais seria "que a continuação das campanhas para sediar as Copas de 2018 e 2022". 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.