Anne-Christine /AFP
Anne-Christine /AFP

Volante da Suécia vê Suíça favorita para oitavas, mas promete luta por vaga

Mesmo com o retrospecto de boas atuações na Rússia, suecos sabem que são azarões nas oitavas de final

Estadão Conteúdo

30 Junho 2018 | 12h26

A Suécia se tornou uma das surpresas desta Copa do Mundo ao se classificar na primeira colocação do Grupo F, deixando a Alemanha de fora das oitavas de final. Mesmo com o retrospecto de boas atuações na Rússia, incluindo um triunfo por 3 a 0 sobre o México, porém, o volante Gustav Svensson considerou que a Suíça entra com todo favoritismo no duelo que acontecerá terça-feira, em São Petersburgo.

"Se você olhar para os jogadores que a Suíça tem e como eles jogaram durante as Eliminatórias e até antes disso... Acho que eles tiveram 25 partidas sem derrotas ou algo assim (na verdade, vêm de uma derrota nos últimos 20 jogos). Estão em sexto no ranking da Fifa. É um time muito bom e entramos com certeza como zebras nesta partida", declarou.

Svensson deve ganhar a condição de titular na Suécia nas oitavas, graças à suspensão de Sebastian Larsson. O jogador do Seattle Sounders, dos Estados Unidos, entrará para fortalecer o sistema de marcação da seleção, principal responsável pela classificação do país.

 

"Eu acho que ficamos com o rótulo de não jogar o futebol mais divertido, mas nós somos extremamente difíceis de vencer. Nós lutamos muito duro um pelo outro e somos taticamente fortes. Então, eu acredito que há muitos times que não querem nos enfrentar", considerou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.