Volante do Cruzeiro não teme se contundir no Uruguai

O Cruzeiro viajará ao Uruguai nesta semana para disputar o Torneio de Verão, poucos dias depois de iniciar a sua pré-temporada. O técnico Adilson Batista já revelou o seu temor em perder algum jogador por lesão em Montevidéu, mas o volante Henrique garante que disputará os jogos sem nenhuma preocupação. "Nós que jogamos estamos sujeitos a sofrer alguma lesão. Claro que eu não posso aliviar, ir devagar, porque senão é aí acabo me machucando. Vou me doar, me entregar nesses dois jogos que vamos ter lá. Não tem que pensar em lesão. Corremos esse risco, mas temos que nos entregar a todo momento", afirmou Henrique. O volante foi contratado pelo Cruzeiro no início de 2008 e sofreu duas fraturas no tornozelo esquerdo durante um jogo-treino no dia 19 de janeiro. Com isso, só pode estrear pela equipe mineira em abril. Para Henrique, a manutenção da base de 2008 será fundamental para o Cruzeiro no início da temporada. "O Cruzeiro manteve sua base do ano passado. O grupo já se conhece e isso ajuda o trabalho do Adilson. Na hora em que ele for optar, não tem tanto problema de entrosamento e ajuda na adaptação dos companheiros que chegaram", analisou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.