Volante do Flu promete homenagem a vítima de tragédia da Chapecoense

Edson espera homenagear o atacante Lucas Gomes, que chegou a jogar no Fluminense

Estadão Conteúdo

07 de dezembro de 2016 | 17h57

Prestes a completar 100 jogos com a camisa do Fluminense, o volante Edson prometeu que dedicará a marca importante, caso seja confirmado no time no jogo contra o Internacional, ao atacante Lucas Gomes, um dos 19 jogadores da Chapecoense que morreu na tragédia da semana passada. Gomes era amigo de Edson, com quem chegou a jogar no próprio Flu, no ano passado.

"Da minha parte, vai ser homenagem diretamente para ele. Meus 100 jogos já estão em homenagem a ele", disse Edson. "É triste, ele era um cara de coração enorme. Era um cara espetacular, que nunca mais vou esquecer. Então vai tá aqui o meu voto de solidariedade. Nesse momento de tristeza força para todos os familiares do Lucas Gomes."

Edson, contudo, ainda não sabe se poderá fazer a homenagem porque ainda não está garantido entre os titulares. Nesta quarta, o técnico Marcão comandou treino tático no qual não definiu seus 11 titulares. Tentando convencer o treinador, Edson mostrou trabalho ao longo da semana e encara o jogo final no Brasileirão como grande chance para receber novas oportunidades em 2017.

"Vamos entrar como se fosse uma decisão. Eu venho jogando pouco. Para mim é uma grande oportunidade de mostrar que tenho condições de estar no grupo em 2017. Estou dando meu exemplo, mas vários outros jogadores querem o mesmo. Estamos muito focados nessa partida. Queremos deixar uma boa impressão", declarou.

O jogo deste domingo tem pouca importância para o Flu na tabela do Brasileirão. Só precisa manter a atual 12ª colocação para garantir vaga na próxima edição da Copa Sul-Americana. Por outro lado, o duelo é decisivo para o Inter, que precisa da vitória e de uma combinação de resultados para escapar do rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.