Ricardo Saibun/ Divulgação
Ricardo Saibun/ Divulgação

Volante do Santos corre o risco de operar mais uma vez o joelho

Alison, de 21 anos, se machucou no clássico com o São Paulo e médicos aguardam exames para saber se qual procedimento seguir

Marcius Azevedo, O Estado de S.Paulo

16 de fevereiro de 2015 | 07h01

O elenco do Santos se reapresenta apenas na terça-feira depois da vitória sobre o São Bernardo, e além da preparação da equipe para o próximo jogo, diante da Portuguesa, domingo, no Pacaembu, pelo Paulistão, o técnico Enderson Moreira aguarda notícias em relação ao volante Alison.

O departamento médico realizará um exame de ressonância magnética no joelho direito do jogador no começo da semana para descobrir o grau da lesão. O procedimento ainda não ocorreu pelo fato de o local estar inchado – ele se lesionou no clássico contra o São Paulo, quarta-feira, na Vila Belmiro.

Enderson torce para que não seja grave, mas admitiu que há o risco de uma cirurgia. O treinador conversou com Alison, que tem um histórico de lesões, para tentar tranquilizá-lo. O volante de 21 anos já foi operado duas vezes. A primeira foi em 2011. A segunda, em 2012.

"Ele sente muito, está preocupado. Se acontecer de novo, e será a terceira vez, vai fazer o processo normal de recuperação. É uma coisa que acontece e o jogador tem de estar preparado para dar a volta por cima", afirmou o técnico após o jogo de sábado no ABC.

Os médicos querem aguardar o resultado da ressonância para ter um diagnóstico preciso, mas não há muito otimismo. Exames preliminares indicaram uma chance grande de lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito. Se isso se confirmar, o tempo de recuperação é de até oito meses.

Sem Alison, Enderson terá de mudar o jeito de atuar do time. Atualmente, o técnico não dispõe de um outro volante de marcação. Contra o São Bernardo, por exemplo, ele recuou Renato, que não tem uma característica defensiva forte, e colocou Leandrinho. Testou ainda Lucas Otávio no segundo tempo.

O colombiano Valencia, que foi contratado do Fluminense e ainda não estreou, também tem chance de virar titular da equipe na ausência de Alison.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.