Volante Edson elogia Flu, mas enfatiza necessidade de evolução para o Brasileiro

Fora das finais do Campeonato Carioca e sem ter nenhuma partida oficial até o dia 9 de maio, quando receberá o Joinville pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, o Fluminense decidiu dar folga aos jogadores neste início de semana. O grupo se reapresenta aos treinos somente na tarde desta quarta-feira, quando começará a trabalhar para corrigir os erros destes primeiros meses de temporada - que renderam inclusive a demissão de um treinador: Cristóvão Borges.

Estadão Conteúdo

21 de abril de 2015 | 16h29

O volante Edson acredita que o time exibiu força neste último Campeonato Carioca, no qual só caiu nos pênaltis diante do Botafogo no confronto de volta das semifinais, no sábado, mas ele reconhece que o time precisa evoluir para a disputa do Brasileirão. Para ele, a boa atuação no segundo tempo do confronto com os botafoguenses, no Engenhão, é um bom exemplo a ser seguido.

"Temos que fazer do segundo tempo para mais. O Fluminense é time grande, de massa, e a nossa torcida exige um time lutador, que busca o gol o tempo todo. Temos a consciência do que precisamos melhorar e vamos trabalhar para isso para alcançar nosso objetivo, que é brigar forte no Brasileiro", afirmou o jogador, em entrevista ao site oficial do clube das Laranjeiras, publicada nesta terça-feira.

Para Edson, o Fluminense até merecia melhor sorte diante do Botafogo no último sábado, mas ele enfatizou que a própria boa atuação já serviu como injeção de ânimo para a continuidade da temporada. "Voltamos bem no segundo tempo e acho até que merecíamos até a vitória nos 90 minutos, porque a gente criou mais e colocamos duas bolas na trave. Mas, infelizmente, perdemos nos pênaltis", disse o volante.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.