Divulgação
Divulgação

Volante Eguren, do Libertad, diz sentir orgulho em ser cobiçado pelo Palmeiras

Jogador tem propostas de outros clubes, mas equipe deve priorizar o Alviverde na negociação

Daniel Batista e Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

21 de junho de 2013 | 12h20

SÃO PAULO - O volante Eguren deve acertar com o Palmeiras logo após o término da Copa das Confederações. O jogador de 32 anos está com a seleção uruguaia que disputa a competição e por isso deixa a negociação para seu empresário, Régis Marques. Entretanto, em entrevista ao Estado, o volante mostrou felicidade com a possibilidade de defender o time alviverde.

"Eu deleguei toda a negociação para o (Régis) Marques, que está tratando com o clube. Agora resta apenas esperar e ver se vai dar certo. Posso dizer que é um luxo ter um clube como o Palmeiras interessado em meu futebol", disse o jogador, em entrevista ao Estado. Eguren não querer participar da negociação no momento, por estar focado na Copa das Confederações.

"Não quero falar muito agora, por respeito aos meus companheiros de seleção", explicou o jogador, que pertence ao Libertad, mas já foi liberado pelo clube paraguaio para conversar com o Palmeiras.

Eguren tem propostas de outros clubes, como Nacional, do Uruguai, e um time do México, mas o próprio Libertad pretende priorizar o Palmeiras na negociação, por causa da boa relação entre os clubes, o que facilitou também na negociação com o meia Mendieta.

Pela negociação, o Libertad iria rescindir com o jogador e deixá-lo livre para acertar com o Palmeiras sem custos. E por causa da transferência de Mendieta, ficou marcado um amistoso entre os dois clubes para ser realizado em julho., mas que pode ter sua data alterada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.