José Patrício/AE
José Patrício/AE

Volante João Vitor é agredido por torcedores do Palmeiras em loja

Ele fazia compras com amigos em São Paulo quando foi reconhecido pelos criminosos

Daniel Batista, estadão.com.br

11 de outubro de 2011 | 18h57

O volante João Vitor foi agredido por cerca de 15 torcedores do Palmeiras na tarde desta terça-feira. Se recuperando de contusão, o jogador foi liberado do treino e aproveitou a folga para ir à loja oficial do clube fazer compras com amigos. Ele recebeu alguns chutes na boca e seus amigos também foram agredidos.

Com ferimentos no rosto, ele foi levado ao CT da Barra Funda e de lá para o Hospital São Camilo, na Zona Oeste de São Paulo, onde está sendo atendido. Ele chegou ao local escoltado por viaturas da polícia.

Ainda nesta terça-feira, o jogador vai registrar um Boletim de Ocorrência no 23.º DP, em Perdizes.

Segundo informações da PM, havia pedaços de madeira em frente à loja. Quando chegou ao local, a PM não encontrou mais os agressores.

No Twitter, o ex-atacante Ronaldo Fenômeno mostrou toda sua revolta com o episódio. "É um absurdo o que aconteceu com o jogador João Vitor do Palmeiras!! Mais do que minha solidariedade, fica a minha indignação com a agressão sofrida", postou.

Atualizado às 19h37

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasJoão Vitorfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.