Gualter Naves/Lightpress
Gualter Naves/Lightpress

Volante Rodrigo Souza quer aproveitar nova chance no Cruzeiro

Jogador que estava emprestado para o Criciúma retorna para disputar o Campeonato Mineiro. Anselmo Ramon também é reintegrado

Estadão Conteúdo

08 de janeiro de 2015 | 17h17

Atual bicampeão brasileiro, o Cruzeiro inicia a temporada 2015 com quatro reforços contratados, mas um elenco reforçado também por jogadores que voltam de empréstimo e terão nova oportunidade com o técnico Marcelo Oliveira. Um deles é o volante Rodrigo Souza, que estava no Criciúma e vai jogar o Campeonato Mineiro.

"Fiquei sabendo ontem (quarta-feira) à tarde (que seria reintegrado no Cruzeiro). Até então, estava esperando outra proposta, que meus empresários estavam vendo. Graças a Deus, não deu certo o que eles procuravam. Fui reintegrado e estou feliz por estar de volta", disse o jogador, nesta quinta-feira, em entrevista coletiva.

Contratado junto ao Boa há um ano, o volante fez cinco partidas como titular no Campeonato Mineiro de 2014, chegou a jogar na Libertadores, mas logo foi encostado. Em abril, acabou repassado para o Criciúma.

"As oportunidades vêm e voltam. Graças a Deus, para mim, voltou no mesmo clube. Vou trabalhar firme, tentar não cometer mesmos erros e ajudar o Cruzeiro a alcançar títulos. Quero trabalhar forte para buscar títulos aqui", afirmou.

Além de Rodrigo Souza, o Cruzeiro reintegrou o atacante Anselmo Ramon, que estava emprestado para o futebol chinês e o lateral-esquerdo Egídio, que voltou do América-MG. O clube contratou também os atacantes Joel (Coritiba) e Leandro Damião (Santos), o volante chileno Felipe Seymour (Spezia-ITA) e o lateral-direito Fabiano (Chapecoense).

Por outro lado, o campeão brasileiro já perdeu dois titulares: o lateral-esquerdo Egídio, que vai para a Ucrânia, e o atacante Marcelo Moreno, que volta ao Grêmio. Samúdio, Borges e Marlone também já foram embora. Dagoberto foi liberado para negociar sua saída.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.