Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

Volante Thiago Mendes crê em virada do São Paulo sobre o Santos

Para jogador, vantagem de 3 a 1 não é impossível de reverter

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

22 de outubro de 2015 | 18h01

Perder em casa para o Santos por 3 a 1 na quarta-feira, pela Copa do Brasil, foi um duro golpe para o São Paulo, no Morumbi. O time vai ter que tentar reverter a vantagem na Vila Belmiro, na próxima semana, para chegar à final da competição e, para o volante Thiago Mendes, a tarefa não chega a assustar e nem mesmo a vitória no primeiro encontro faz o rival ser favorito.

"Sabemos que o Santos tem 13 vitórias como mandante, mas isso é passado. Sabemos que temos chances totais de ganhar lá da mesma forma que eles fizeram com a gente. Temos que entrar ligados e não ter o apagão que tivemos no começo do segundo tempo para conseguir o resultado", afirmou o volante em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira, no CT da Barra Funda.

Após o primeiro tempo terminar empatado em 1 a 1, o São Paulo levou dois gols em quatro minutos. O vacilo custou a derrota e obriga a equipe a tentar na Vila Belmiro uma missão complicada. O Santos perdeu apenas uma vez como mandante na temporada. "Creio que o Santos não é favorito. A gente tem chance de reverter. Temos jogadores de excelente nível na equipe. Eles vieram para cá, fizeram 3 a 1 e a gente também pode fazer o mesmo", comentou.

Thiago Mendes será desfalque na partida por ter levado o terceiro cartão amarelo. A tendência é o técnico Doriva escalar para a vaga dele o volante Hudson para compor a marcação junto com Rodrigo Caio. A comissão técnica conta com o retorno do lateral-esquerdo Carlinhos para o jogo na Vila Belmiro. O atleta se recupera de lesão na panturrilha esquerda.

O elenco do São Paulo não foi a campo nesta quinta-feira. Com a forte chuva na capital paulista, os jogadores que atuaram contra o Santos fizeram trabalho de hidroginástica e os reservas ficaram na academia. Os únicos a irem ao gramado foram os goleiros reservas, que treinaram com os preparadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.