Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Vôlei: Banespa a uma vitória da final

Time de tradição no cenário do vôlei nacional, o Banespa/Mastercard está próximo de mais uma final do Campeonato Paulista Masculino de Vôlei. A equipe comandada por Mauro Grasso joga terça-feira, em casa, contra o Náutico/Araraquara, às 20h30. Se vencer, fecha a série semifinal em melhor-de-três jogos em 2 a 0 e espera o vencedor entre Wizard/Suzano e Ulbra/São Paulo. O Suzano lidera a outra semifinal: 1 a 0 sobre a Ulbra. Se vencer em casa, quarta-feira, estará na final. A equipe da capital, que faz parceria com a prefeitura de São Bernardo, contratou o campeão olímpico Nalbert para esta temporada. Mas o jovem elenco - com média de idade de 22 anos - provou que tem potencial mesmo sem o capitão, já que Nalbert ficou quase toda a fase classificatória afastado por causa de uma lesão no tornozelo. O ponta voltou ao time titular apenas dois jogos antes das semifinais. No primeiro jogo, sexta-feira, em Araraquara, o Banespa venceu por 3 a 0. Ainda assim, a equipe sabe que os adversários são perigosos: o time do Náutico foi o único que venceu os favoritos na primeira etapa. "Estamos buscando constantemente a evolução para disputarmos uma possível final", avalia Grasso. Sobre a atuação de Nalbert, o técnico elogia: "O Nalbert esteve mais solto, se comunicando melhor e cobrando os companheiros, além de ter saltado mais."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.