Fernando Bizerra / Reuters
Fernando Bizerra / Reuters

Volpi evita lamentar revés do São Paulo na Libertadores e pede foco no Palmeiras

Goleiro quer esquecer derrota para o Racing; titulares foram poupados para o primeiro jogo da final do Paulistão, na quinta-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de maio de 2021 | 00h14

Tiago Volpi evitou lamentar a derrota do São Paulo para o Racing por 1 a 0, na noite desta terça-feira. O goleiro minimizou o tropeço no Morumbi, que impediu a confirmação da vaga da equipe nas oitavas de final da Copa Libertadores, e garantiu o foco nas finais do Campeonato Paulista. As partidas contra o Palmeiras serão disputadas na noite de quinta e na tarde de domingo. 

"Pensávamos em vir aqui e ganhar, em poder garantir a classificação e seguir com invencibilidade, mas já foi, já passou", comentou o goleiro. "Quinta é final do Paulista e no domingo também. Depois, na próxima semana, é fechar bem dentro de casa e assegurar nossa classificação."

Em segundo lugar no Grupo E, o time paulista encerrará sua participação na fase de grupos contra o     Sporting Cristal terça que vem, novamente no Morumbi. Apesar do tropeço, o São Paulo poderá sacramentar a vaga no mata-mata na quarta, mesmo sem jogar. Basta que o Rentistas não vença o próprio Sporting Cristal, fora de casa.

Volpi, contudo, desconversou sobre a possibilidade de ficar na torcida nesta quarta. "Acho que não é momento de torcer, a condição de classificar depende da gente. Vamos definir em casa no último jogo. Independentemente de primeiro ou segundo (lugar), o importante é classificar. Se fosse em primeiro, melhor, mas, se não for, o importante é classificar", declarou.

Ele minimizou a possibilidade de o São Paulo se classificar em segundo no grupo, após um forte início na competição. "Não vejo como prejuízo, é uma competição muito qualificada, não difere muito. A gente vê como está tudo parelho nos outros grupos. Não temos que nos preocupar com lá na frente."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.