Volta de Edmundo alivia o Palmeiras para pegar o Marília

Principais jogadores do Palmeiras, Edmundo e Valdivia jogam neste sábado, mas não juntos. Edmundo volta ao time palmeirense no jogo contra o Marília, às 18h10, no Palestra Itália, pelo Paulistão. Já Valdivia, recuperado de uma lesão muscular, defenderá a seleção chilena em amistoso com o Brasil, na Suécia.Pelo Palmeiras, a dupla só será reunida novamente no clássico com o São Paulo, dia 1º de abril, no Morumbi. Mas jogadores e comissão técnica não escondem que o desfalque de ambos contribuiu para a derrota por 2 a 0 diante do Ipatinga, na quarta-feira, pela Copa do Brasil.?É claro que o Edmundo e o Valdivia fizeram falta, pois são dois excelentes jogadores, mas não adianta falar isso depois do jogo?, disse o volante Martinez. ?Quem entrou lutou o tempo todo e foi bem, mas o retorno do Edmundo contra o Marília irá nos ajudar.?O técnico Caio Júnior disse que não se arrependeu de poupar Edmundo do jogo contra o Ipatinga. ?Foi uma decisão correta. Pensamos no que era melhor para o Edmundo e resolvemos poupá-lo porque essa seqüência de jogos cansa qualquer um?, explicou.Os números mostram que a dupla é vital para o Palmeiras, mas é de Valdivia que o time sente mais falta. Sem Edmundo, mas com o chileno em campo, foram conquistados 72% dos pontos (quatro vitórias, um empate e uma derrota). Sem Valdivia e só com Edmundo, o aproveitamento palmeirense foi de 16% - uma derrota e um empate.Salários voltam à tonaA derrota para o Ipatinga trouxe de volta à tona a questão dos atrasos salariais no Palmeiras. Quem tocou no assunto foi o próprio Caio Júnior. Ao ser questionado se o time carece de reforços, o treinador respondeu que, mais importante que isso, é preciso colocar os salários em dia.?A comissão técnica está fazendo um trabalho sério e a diretoria também tem que fazer. Estão fazendo um bom trabalho, mas tem que colocar em dia a questão salarial, pois os jogadores sentem, cada um à sua maneira?, disse Caio Júnior. ?Sei que a direção fará isso o mais rápido possível.?Os salários deste mês, que eram esperados no dia 10, ainda não foram depositados nas contas dos jogadores. ?Quem trabalha tem o direito de receber, e acertar essa situação é sempre importante?, disse o treinador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.