Estadão | 18.02.2015
Estadão | 18.02.2015

Volta Redonda derrota o Flu e ultrapassa o rival pelo Carioca

Resultado de 2 a 1 faz o time do interior do Riochegar aos 13 pontos, um a mais que comandados por Cristóvão somam no torneio

Estadão Conteúdo

18 de fevereiro de 2015 | 21h13

O Volta Redonda venceu o Fluminense por 2 a 1, em casa, na noite desta quarta-feira, quebrou a invencibilidade do adversário no Campeonato Carioca e ainda ultrapassou a equipe tricolor na tabela da competição. O resultado fez o time do interior do Rio chegar aos 13 pontos, contra 12 dos comandados por Cristóvão Borges, que até então ostentavam 100% de aproveitamento com quatro vitórias em quatro jogos.

Com o triunfo, o Volta Redonda também assumiu provisoriamente a vice-liderança da Taça Guanabara, o primeiro turno do torneio, com 13 pontos, mesma pontuação do Botafogo, que é líder por possuir melhor saldo de gols. Os mesmos 13 pontos, porém, ainda poderão ser alcançados pelo Vasco ainda nesta quarta, na qual o time cruzmaltino terá pela frente o Barra Mansa, às 22 horas, em São Januário. Já nesta quinta, o Flamengo, outra equipe com dez pontos na classificação, jogará contra o Boavista no Maracanã.

O JOGO

O confronto disputado no Estádio Raulino de Oliveira foi de pouquíssimas emoções no primeiro tempo, sendo que o gramado foi prejudicado pela forte chuva que castigava os jogadores e o pequeno público presente nas arquibancadas.

" SRC="/CMS/ICONS/MM.PNG" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;" CLASS="IMGEMBED

O primeiro lance de maior perigo na primeira etapa só foi acontecer aos 32 minutos, quando Fred recebeu bola cruzada da esquerda e cabeceou para boa defesa de Douglas, que espalmou para escanteio.

Se criava pouco, o Volta Redonda estava bem postado em campo e começava a achar espaço na defesa tricolor. Aos 40 minutos, Hugo assustou a torcida do Fluminense ao desviar um cruzamento da direita que passou à esquerda de Diego Cavalieri.

E o mesmo Hugo acabou sendo o autor do primeiro gol do jogo aos 18 minutos da etapa final. Ele foi lançado em velocidade nas costas da zaga pela esquerda, invadiu a grande área e tocou com tranquilidade, colocado, no canto direito baixo de Diego Cavalieri.

O Flu, porém, empatou o jogo pouco depois, aos 27 minutos. Em rápida trama ofensiva, Wellington Silva foi acionado pelo lado direito da área e cruzou para Jean, que bateu de primeira no canto direito baixo do goleiro Douglas.

Ainda insatisfeito com o empate fora de casa, Cristóvão Borges resolveu queimar a sua terceira substituição no jogo em seguida, depois de já ter substituído Marlone e Robert por Vinícius e Kenedy, respectivamente. O técnico sacou o lateral Wellington Silva e colocou Walter, deixando a equipe tricolor com três atacantes.

E a mudança acabou não surtindo o efeito desejado após um vacilo de Jean. O volante tentou dar um passe em diagonal, mas entregou a bola nos pés de um adversário, que rapidamente lançou Adeílson. O jogador, que entrara em campo no lugar de Diego Paulista, invadiu a área pela direita e tocou no canto baixo de Cavalieri para fazer 2 a 1, aos 32 minutos.

Para complicar ainda mais a vida do Fluminense, Edson, lesionado, precisou deixar o campo e o Fluminense ficou com dez homens em campo, pois Cristóvão já havia estourado o limite de três substituições.

Mesmo com um a menos em campo, o time tricolor tentou pressionar e quase empatou novamente com Fred, que desviou de cabeça um cruzamento que passou rente à trave direita do Volta Redonda.

No finalzinho, Adeílson desperdiçou grande oportunidade de ampliar, cara a cara com Cavalieri, que salvou o gol. Em seguida, Fred, novamente de cabeça, também obrigou Douglas à nova boa defesa, pouco antes de Kenedy receber na cara do gol, se enrolar com a bola na pequena área e perder ótima chance de empatar, já nos acréscimos, aos 48 minutos.

Na próxima rodada do Campeonato Carioca, o Fluminense travará clássico com o Vasco, domingo, às 18h30, no Engenhão. Já o Volta Redonda, ainda invicto na competição, voltará a jogar em casa, no sábado, às 18h30, contra o Bangu.

FICHA TÉCNICA

VOLTA REDONDA 2 X 1 FLUMINENSE

VOLTA REDONDA - Douglas; Henrique, Reniê, Luan e Pedro Rosa; Diego Paulista (Adeílson), Bruno Barra, Pedro Isidoro e Magnum (Ânderson); Hugo e Niltinho. Técnico: Marcelo Cabo.

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Wellington Silva (Valter), Henrique, João Filipe e Giovanni; Edson, Jean, Marlone (Vinícius) e Robert (Kenedy); Lucas Gomes e Fred. Técnico: Cristóvão Borges.

ÁRBITRO - Daniel de Sousa Macedo.

GOLS - Hugo, aos 18, Jean, aos 27, e Adeílson, aos 32 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Edson, Vinícius, Fred e Robert (Fluminense); Diego Paulista e Hugo (Volta Redonda).

RENDA - R$ 53.065,00.

PÚBLICO - 3.126 espectadores (2.059 pagantes).

LOCAL - Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.