Volta Redonda pode usar zaga reserva

O Volta Redonda pode atuar com sua zaga reserva no último jogo da decisão do Campeonato Carioca, contra o Fluminense, domingo, no Maracanã. Ailson, com sinusite, e Alemão, com dores no joelho esquerdo, foram poupados do coletivo desta sexta-feira, o último em Vassouras, cidade vizinha a Volta Redonda. Se não puderem participar da partida, Júlio César e Diego serão seus substitutos.Mas, apesar dessa possibilidade, o clima é de otimismo. A expectativa é de que Ailson e Alemão atuem. "A defesa titular vem jogando junto há um bom tempo. O entrosamento é ótimo. Mas vale lembrar que os reservas entraram bem quando foram escalados no Carioca", declarou o goleiro Lugão, lembrando que se o Volta Redonda não sofrer gols conquistará o título.O Fluminense precisa vencer por dois gols de diferença para se sagrar campeão. E, levando-se em conta o retrospecto da equipe da Cidade do Aço, verá que sua missão não vai ser fácil. O Volta Redonda não é derrotado por esse saldo de gols desde o dia 2 de março de 2003 - há 75 jogos."Mas não se pode bobear com o Fluminense, que tem uma grande equipe", alertou Lugão. Uma vitória simples do Fluminense, por 1 a 0, amanhã, levará a decisão para os pênaltis - no primeiro confronto, o Volta Redonda venceu por 4 a 3.Acostumado com o clima de ansiedade e tensão às vésperas de uma final, Túlio "Maravilha" rebateu as críticas de alguns jogadores e de dirigentes tricolores, que o acusaram de estar desrespeitando o Fluminense. "É tudo mentira. Isso é criado para motivar o elenco. O Fluminense é favorito e o melhor time do mundo. Sou o azarão, o patinho feio, o primo pobre. O Tricolor é o primo rico", disse o artilheiro do Carioca, com 12 gols. "Faço marketing para elevar o futebol carioca. Mas tem pessoas com a cabeça pequenininha".

Agencia Estado,

15 de abril de 2005 | 19h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.