Volta Redonda promete provar força

Antes da final da Taça Rio, o técnico do Fluminense, Abel Braga, declarou em um programa de televisão que o vencedor do segundo turno do Campeonato Carioca seria conseqüentemente campeão estadual. A três dias da primeira partida da final do Carioca, no Maracanã, a provocação do treinador ainda repercute mal entre os jogadores do Volta Redonda. Era notório nesta quinta-feira um clima de insatisfação em boa parte do elenco da Cidade do Aço por causa da euforia de alguns atletas tricolores."O Fluminense está nos desrespeitando. O Voltaço vai provar no domingo que eles estão errados", declarou o zagueiro Alemão, capitão da equipe, depois do treino, em Vassouras, cidade vizinha a Volta Redonda. "Quero comer pelas beiradas. Encaro o favoritismo do Fluminense com naturalidade, até pela tradição do clube. Mas o que resolve é dentro de campo".Conhecido por seu jeito provocador, adepto também do marketing pessoal, o atacante Túlio Maravilha, artilheiro do Carioca, com 11 gols, não perde a oportunidade de acirrar os ânimos do rival. E promete: "Estou pronto para ser campeão. Quero fazer o gol do título. A artilharia nem me preocupa mais. Está selada".No treino desta quinta, o técnico do Volta Redonda, Dário Lourenço, exigiu melhor precisão "nas situações de jogo". Ou seja, nos cruzamentos, nas jogadas aéreas e nas finalizações. Saiu satisfeito com o empenho dos atletas. E praticamente definiu a escalação da equipe para a decisão: Lugão; Schneider, Ailson, Alemão e Maciel; Jonilson, Mário César, Adriano e Gláuber; Túlio e Léo Guerra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.