Votação sobre extensão de mandato agita o Palmeiras

Presidente Affonso Della Monica tentará a última cartada neste sábado para permanecer no comando do clube

Vitor Marques, Jornal da Tarde

10 de dezembro de 2008 | 21h11

No próximo sábado, o presidente Affonso Della Monica tentará sua última cartada para prorrogar seu mandato no Palmeiras, na assembléia dos sócios. A oposição, no entanto, se esforça para convencer os associados a irem ao clube votar contra a extensão de mandato de Della Monica. Veja também: Palmeiras busca zagueiros para a Copa Libertadores Brasileirão 2008 - Classificação Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão  O receio, tanto da oposição como da situação, é que o mau tempo desestimule o comparecimento às urnas. Dos 8 mil sócios, prevê-se que entre 2 mil e 2,5 mil compareçam à votação. A situação precisa de dois terços dos votos para prorrogar o mandato do atual presidente, que termina em janeiro. A votação de sábado toma conta dos bastidores na Academia, deixando de lado assuntos do futebol, como contratações e renovação de contratos. APOSTAO Palmeiras acertou a contratação do meia-atacante Eudes Marinho, de 20 anos, que estava no Pinheiros, de Santa Catarina. Ele assinou contrato por três anos e, inicialmente, irá para o time B, que disputa a Série A-3 do Campeonato Paulista. O empresário do jogador é o mesmo de Alex Mineiro, que ainda não definiu sua permanência no clube. REALIDADEO empresário do meia Carlinhos Paraíba, Júlio Fressato, confirmou nesta quarta-feira o interesse do Palmeiras pelo jogador do Coritiba. A multa para ele deixar o clube paranaense é de 20 milhões de euros (R$ 60 milhões). O clube de Curitiba, no entanto, aceita negociar seu atleta por valores menores. Fressato espera uma definição da diretoria do Palmeiras até o final desta semana. Segundo ele, o São Paulo também estaria interessado em Carlinhos Paraíba.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasAffonso Della Monica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.