Vulcão pode antecipar viagem do Barcelona para Londres

Um fenômeno da natureza deverá alterar a programação do Barcelona para a final da Liga dos Campeões da Europa, que será disputada no próximo sábado, contra o Manchester United, no Estádio de Wembley, em Londres. O vulcão Grimsvotn, da Islândia, entrou em erupção e poderá fechar o espaço aéreo na Europa, obrigando o time a antecipar sua viagem. Por causa do fato, o clube estuda a possibilidade de os atletas da equipe viajarem de ônibus, já nesta terça-feira, para a capital inglesa.

AE-AP, Agência Estado

23 de maio de 2011 | 15h48

O técnico Josep Guardiola afirmou que o clube irá tomar uma decisão depois de receber as informações mais recentes sobre o vulcão, cujas cinzas já provocaram atrasos no espaço aéreo da Escócia. O comandante enfatizou que o clube não irá correr nenhum risco antes da decisão de domingo. Inicialmente, a viagem do Barcelona para a Inglaterra estava programada para quinta-feira.

"Na terça-feira haverá um comunicado e decidiremos. Não podemos arriscar e se for necessário viajar terça ou quarta-feira, assim faremos. Quando nos comunicarem, decidiremos", ressaltou Guardiola, que revelou preocupação também com os torcedores que irão se deslocar de Barcelona até Londres para acompanhar a final. "Espero que o vulcão não afete a torcida de Barcelona. Espero que não apenas nós cheguemos, mas que a torcida também chegue. Não teria nenhum sentido uma final com metade do campo (do estádio) vazio", acrescentou.

Curiosamente, no ano passado o Barcelona foi atrapalhado pela erupção de outro vulcão na Islândia, que também provocou o caos no espaço aéreo europeu por obrigar o cancelamento de muitos voos. Na época, sem poder viajar de avião, o time realizou uma longa viagem de ônibus até a Itália para enfrentar a Inter de Milão no primeiro jogo da semifinal da Liga dos Campeões. Após realizar o longo trajeto, a equipe de Messi foi derrotada por 3 a 1 em solo italiano e depois acabou eliminada após obter uma vitória por 1 a 0 na Espanha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.