Vipcomm
Vipcomm

Wagner chega ao Flu e festeja reencontro com Fred

Dupla ficou famosa no Cruzeiro. Meia retorna ao futebol brasileiro após passagem pela Turquia

AE, Agência Estado

20 de dezembro de 2011 | 13h41

RIO - O meia Wagner foi apresentado oficialmente nesta terça-feira como novo reforço do Fluminense para a temporada de 2012. O jogador chega ao clube para reeditar a parceria que formou com Fred no início de sua carreira profissional, quando defendeu o América-MG e depois atuou ao lado do amigo noCruzeiro.

Contratado junto ao Gaziantepspor, da Turquia, Wagner teve 100% dos seus direitos econômicos adquiridos pelo Fluminense, com o qual ele assinou contrato para jogar por quatro anos. Antes pretendido também pelo Palmeiras, o meio-campista disse que o fato de poder disputar a Libertadores de 2012 e a chance de voltar a atuar com Fred pesaram muito em sua decisão de aceitar a proposta do clube carioca.

"O pessoal de Minas (Gerais) conhece bastante a nossa história. Sabe que a gente (ele e Fred) jogou junto desde o primeiro jogo no profissional, fizemos o primeiro jogo juntos e eu dei o passe para o primeiro gol dele. Muita gente brinca, que quem ''vendeu'' ele para o Cruzeiro fui eu, e não ganhei meus 10% (pela negociação), e quem ''vendeu'' ele para o Lyon foi eu e ele ainda está devendo os meus 10%. Mas vou ''cobrá-lo'' de novo. Pode colocar na balança que essa amizade pesou bastante. Nos vários jogos em que atuamos no Cruzeiro, vivemos muita coisa boa. Essa amizade foi o grande diferencial para eu estar voltando para cá", afirmou Wagner, lembrando que viverá sua segunda trajetória pelo Fluminense.

Ao falar de sua outra passagem pelo time carioca, Wagner afirmou que está com a Libertadores "engasgada", pois esteve muito próximo de ser campeão da competição em 2008, pelo Cruzeiro, e em 2009, justamente pelo Fluminense. Na primeira vez, caiu por 2 a 1 diante do Estudiantes, de virada, no Mineirão, e na segunda foi derrotado nos pênaltis diante da LDU, no Maracanã, também no segundo jogo da decisão.

"Hoje para mim é um dia muito importante para minha vida e para minha carreira. Estou voltando ao Brasil para uma grande equipe, que pensa alto e quer conquistar aquilo que sempre quis, que são os títulos tão importantes para toda a nação do Fluminense", ressaltou Wagner, que vestiu a camisa 19 em sua apresentação oficial. "Eu e o Fluminense temos algo em comum. Infelizmente fomos vice. Agora, o destino está nos unindo e espero que 2012 seja um ano importante para os dois. Queremos viver alegrias para virar essa página na Libertadores. Disputar essa competição pesou muito na decisão de voltar ao Brasil", acrescentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseWagnerFred

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.