Fernando Cazaes/Divulgação
Fernando Cazaes/Divulgação

Wagner defende Fluminense e promete time mais atento

Equipe deixou as quatro primeiras posições do Brasileirão após derrota para o Grêmio

Agência Estado

20 de maio de 2014 | 10h45

RIO - O Fluminense deixou o grupo dos quatro primeiros colocados do Campeonato Brasileiro ao perder para o Grêmio por 1 a 0, domingo, em Porto Alegre, pela quinta rodada, mas o meia Wagner garantiu que o tropeço não preocupa. O jogador avaliou que o time vem tendo boas atuações e o tropeço foi circunstancial.

"Incomodaria muito se estivéssemos perdendo e jogando mal. Mas tanto nas vitórias como nos resultados adversos, o time tem apresentado bom desempenho e nosso padrão tem sido o mesmo", afirmou Wagner, garantindo, porém, que o Fluminense entrará em campo mais atento nesta quarta-feira, no Maracanã, diante do São Paulo, para se reabilitar na competição.

"Temos preocupação com todos os jogadores do São Paulo. Sabemos das qualidades individuais de cada um e não podemos cochilar um minuto. Temos de entrar com a faca entre os dentes e sangue nos olhos, porque será um jogo duro, decidido nos detalhes e vamos entrar 100% ligados", disse.

Com o time preocupado em reagir, Wagner revelou que o técnico Cristóvão Borges já até exemplificou os acertos e erros cometidos pelo Fluminense no último domingo na Arena Grêmio. "Acabamos de assistir a um vídeo do que a equipe acertou e errou. Mesmo com dez jogadores em campo, conseguimos jogar bem. Se estivéssemos com 11, poderíamos, no mínimo, ter trazido um ponto", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFluminenseWagner

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.