Andy Rain/EFE
Andy Rain/EFE

Walcott escapa de punição por provocar torcida rival

Atacante provocou torcedores do Tottenham durante a vitória do Arsenal por 2 a 0, no último sábado

Agência Estado

06 de janeiro de 2014 | 16h21

LONDRES - O atacante Theo Walcott não vai ser punido pela Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês) por ter provocado torcedores do Tottenham durante a vitória do Arsenal por 2 a 0, no último sábado, em partida válida pela Copa da Inglaterra, no Emirates Stadium.

Quando estava sendo retirado de maca com uma lesão no joelho, Walcott sinalizou com os dedos o placar de 2 a 0 para os torcedores do Tottenham. Como resposta, os fãs passaram a arremessar moedas e outros objetos na direção do atacante e dos médicos que o levavam.

A FA disse em um comunicado divulgado nesta segunda-feira que entrou em contato com Walcott "e lembrou de suas responsabilidades em relação ao ''gesto do placar'' que ele fez", mas destacou que não será aberta uma ação disciplinar.

A entidade também disse que entrou em contato com os clubes do norte de Londres em razão do comportamento de ambas as torcidas, que jogaram vários objetos em campo durante a partida.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolFAArsenalWalcott

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.