Anton Vaganov/Reuters
Anton Vaganov/Reuters

Walker brinca com ofensas de Maradona e marca Dele Alli em publicação

Polêmica do dedo médio começou quando meia fez o sinal em partida da Inglaterra pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, contra a Eslováquia

Estadão Conteúdo

27 Junho 2018 | 09h26

Conhecido por já ter feito um gesto obsceno com o dedo médio em jogo da Inglaterra, Dele Alli foi marcado em publicação de Kyle Walker em uma rede social, na qual Diego Armando Maradona aparece fazendo o sinal com a mão. O ex-jogador argentino se exaltou nesta terça-feira, em camarote da Arena Zenit, após gol da vitória da Argentina por 2 a 1 sobre a Nigéria, em São Petersburgo.

+ Daniel Alves visita concentração da seleção em Moscou: 'Que seja um grande dia'

+ Durante vitória da Argentina, Sampaoli pergunta a Messi: 'Devo colocar Aguero?'

+ Ainda sem convencer na Copa, Sergio Ramos pede união dos torcedores espanhóis

"Sim, Diego. Dele Alli diz 'oi'", escreveu Walker no Twitter logo após a partida. Na cerimônia de abertura da Copa do Mundo, no Estádio Luzhniki, em Moscou, no dia 14, o cantor inglês Robbie Williams exibiu o dedo médio, o que motivou um post parecido do lateral-direito nas redes sociais.

A polêmica do dedo médio começou quando Alli fez o sinal em partida da Inglaterra pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, contra a Eslováquia, em setembro de 2017. Depois da vitória por 2 a 1, o meio-campista disse que se tratava de uma brincadeira com Walker, de quem foi companheiro de clube no Tottenham, mas a justificativa não foi o suficiente para o atleta escapar de uma suspensão por um jogo imposta pela Fifa.

Na manhã desta quarta-feira, em Zelenogorsk, ao norte de São Petersburgo, a seleção inglesa realizou treinamento que envolveu os 23 jogadores convocados por Gareth Southgate. Poupado contra a Tunísia, no domingo, quando a Inglaterra venceu por 6 a 1, em Nijni Novgorod, Alli treinou mais uma vez sem limitações e se mostra recuperado de lesão muscular na coxa.

 

Com seis pontos ganhos após duas partidas, a Inglaterra tem vaga garantida nas oitavas de final e vai decidir contra a Bélgica quem fica em primeiro no Grupo G. Ambas as seleções estão iguais em quase todos os critérios, mas neste momento a seleção inglesa aparece à frente na classificação por causa do quesito disciplinar. A partida vai ser realizada às 15 horas (de Brasília) desta quinta-feira, em Kaliningrado.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.