Wallace é nova opção do Etti

Mesmo sem saber qual competição vai disputar no segundo semestre, o Etti Jundiaí continua trabalhando normalmente. E o técnico Giba ganhou um reforço, até então, inesperado: o meia Wallace. O jogador pretende à empresa Parmalat, que administra o clube, e ficará uns dias treinando no estádio Jaime Cintra. Se agradar, pode ganhar um contrato até o final do ano."É preciso ainda que ele entre em forma física, para depois analisarmos sua real condição técnica", comentou o técnico, deixando em princípio, o trabalho para o fisicultor Lino Fachini Júnior. Wallace já atuou por vários brasileiros como Juventude, Sport Recife, Fluminense e, recentemente, estava emprestado ao América Carioca.Se o time pode ganhar uma nova opção no meio-campo, precisa buscar alternativas para a defesa. O zagueiro Cláudio, ex-Palmeiras e Santos, está de volta marcada para o futebol japonês, onde já defendeu o Hiratsuka Bellmare. Agora ele atuará pelo Cerezo Osaka até o final do ano, com planos para retornar ao próprio Etti em janeiro para disputar o torneio Rio-São Paulo.Antes dele, o time já tinha perdido o central Índio, que se transferiu para o América Mineiro, e o quarto zagueiro Jairo, que voltou para o Gama, seu clube de origem. O elenco agora ficou com três jovens promessas: Umberto, Tiago e Asprilla, além de Anderson, ex-Sãocarlense. Um jogador experiente deve ser contratado, principalmente depois que foi descartado o aproveitamento de Sandro Blum, que também é da empresa, mas vai permanecer no Sport Recife até dezembro.Confirmando no Rio-São Paulo de 2002, o Etti Jundiaí ainda não tem vaga assegurada na Série C do Campeonato Brasileiro. Sua diretoria ainda tem esperança de ser convidada para disputar a Série B.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.