Divulgação/Flamengo
Divulgação/Flamengo

Wallace pede mais ambição ao Flamengo na temporada de 2015

Zagueiro acha que o time está mais rápido do que no ano passado, e amadurecido após as dificuldades enfrentadas

Estadão Conteúdo

12 de janeiro de 2015 | 18h38

O zagueiro Wallace disse nesta segunda-feira, logo após mais uma sessão de treinos em Atibaia, no interior paulista, que o Flamengo precisa "criar a mentalidade de ambição" para a temporada que está começando. Na avaliação do jogador, o time manteve uma boa base e, com as contratações, está mais forte do que o ano passado.

"Não começamos do zero. Temos uma base do ano passado e, visivelmente, o time está mais rápido. Acho que estamos muito mais maduros, até pelo que aconteceu no ano passado", disse o zagueiro, referindo-se ao momento conturbado que o Flamengo passou no Campeonato Brasileiro, quando a equipe chegou a ser lanterna.

Para o defensor, a equipe precisa pensar alto para não repetir a má campanha de 2014. "Precisamos criar a mentalidade de ambição, mais do que no ano passado. Tivemos oscilações. O que aconteceu na Libertadores (eliminação na fase de grupos) é inadmissível. Faltou um pouco de ambição e me incluo nisso. No Brasileirão, começamos mal, com pontuação para cair. O Vanderlei (Luxemburgo) chegou sob pressão e demos um ''upgrade''. Poderíamos ter um ano mais tranquilo e até disputar a Libertadores este ano", considerou.

Wallace considera que as contratações deste início de ano credenciam o time a buscar bons resultados em 2015. "São muito bons jogadores. O Marcelo (Cirino), misericórdia, coitado dos zagueiros dos outros times. O Arthur tem muita qualidade, ainda tem o Bressan. O Pará é experiente. Além desses tem o Thallyson, que é muito veloz", destacou.

"É perceptível (a diferença). O grupo do ano passado era muito bom, mas já passou. Quem chegou, foi muito bem recebido. Aos poucos, vamos mostrando a nossa cara. A característica da equipe deve mudar, até pelas peças que vieram", destacou Wallace, que, no entanto, pediu paciência à torcida até o time "encaixar".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.