Wallyson reconhece que faz falta ao Cruzeiro

Um dia depois da derrota do Cruzeiro para o Atlético Paranaense, por 2 a 1, o atacante Wallyson reconheceu nesta quinta-feira que é um desfalque importante para o time mineiro. Ele fraturou o tornozelo esquerdo na partida contra o Internacional, em 7 de agosto, e só deve retornar em 2012.

AE, Agência Estado

18 de agosto de 2011 | 13h17

"Cada jogador tem sua importância no time e eu sei da minha, sei que faço um pouco de falta. Quando cheguei aqui poucas pessoas me conheciam, o clube confiou no meu trabalho e aos pouco achei meu espaço na equipe", afirmou o atacante ao site oficial do Cruzeiro.

Embora admita que sua ausência seja importante, ele ponderou que o atual elenco tem condições de melhorar a classificação do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro - está apenas em 12.º. "Fico triste por não poder ajudar meu time nesse momento, mas tenho confiança no treinador e nos meus companheiros, que são grandes jogadores e vão levar o Cruzeiro onde merece, que é nas primeiras posições", apostou.

Sem a presença de Wallyson, o Cruzeiro atuou na quarta-feira com Wellington Paulista e Anselmo Ramon - Ortigoza entrou no segundo tempo. O clube ainda contratou Keirrison e Bobô, mas vendeu Thiago Ribeiro para o Cagliari, da Itália.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroWallyson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.