Walter diz que vida mudou após chance no Corinthians

Contratado sem muito alarde pelo Corinthians no fim de maio, o goleiro Walter ganhou a sua primeira oportunidade no time em razão da contusão de Cássio durante partida contra o Criciúma, disputada em 19 de outubro. Desde então, defendeu pênalti em duelo com o Grêmio, mesmo que o time tenha sido eliminado da Copa do Brasil, e depois disputou o seu primeiro clássico, no último fim de semana, contra o Santos. Assim, reconheceu que a sua vida mudou muito nos últimos.

AE, Agência Estado

30 de outubro de 2013 | 11h40

"Desde o jogo contra o Criciúma, minha vida mudou bastante. Até uma semana atrás, eu conseguia andar no supermercado. Lógico que um ou outro torcedor reconhecia. Agora, ficou, digamos, mais tumultuado", contou Walter, ao site oficial do Corinthians. "Fui para a minha casa em Jaú, foi uma coisa absurda. Muito reconhecimento, eu não esperava, sinceramente. Mas eu fico muito feliz com esse assédio porque estou sendo reconhecido pelo meu trabalho", comentou.

Elogiado pelas suas atuações nos últimos jogos, Walter agradeceu os elogios que recebeu, mas destacou pode e precisa fazer ainda mais pelo Corinthians. "Eu ainda preciso mostrar muita coisa em campo. Foram apenas dois jogos e meio. Tenho de mostrar trabalho em todos os jogos e treinos", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansWalter

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.