Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Walter encaminha acordo para trocar Corinthians pelo São Paulo

Segundo pessoas próximas ao atleta e ao time alvinegro, a negociação pode ser sacramentada em dezembro

Daniel Batista e Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

05 de outubro de 2017 | 11h00

O goleiro Walter pode trocar o Corinthians pelo São Paulo no final do ano. O jogador tem conversas adiantadas com a equipe do Morumbi, que pagará um salário bem maior do que ele recebe no time alvinegro e deverá lhe garantir a condição de titular, algo que pesou bastante para o atleta decidir ir atuar no rival.

+ Dia atípico tem passagem de Temer e goleiros na linha em treino do São Paulo

O acordo, por enquanto, é apenas verbal, mas segundo pessoas próximas ao atleta e ao Corinthians, a negociação deve ser sacramentada em dezembro. As conversas tiveram início em julho, mas os dirigentes corintianos conseguiram convencer o goleiro a permanecer.

Uma das justificativas para ele ficar seria um aumento de salário, algo que não aconteceu. O fato do Corinthians não cumprir com o combinado e também a falta de oportunidades, com Cássio como titular absoluto, fizeram Walter decidir que chegou a hora de sair. 

+ Corinthians pode iniciar 2018 mandando jogo no Pacaembu

O goleiro tem contrato até 2019 e multa no valor de R$ 15 milhões, mas isso não é algo que possa atrapalhar na negociação, já que o Corinthians também tem se mostrado disposto a fazer negócio, já que Cássio deve permanecer no clube e a diretoria aposta em Caíque e Matheus Vidotto como boas opções para a reserva.

Já no São Paulo, apesar do bom momento pelo qual passa Sidão, a busca por um "titular absoluto" é preocupação no clube desde o início da temporada. Sidão, Dênis e Renan Ribeiro revezaram no gol são-paulino, e nenhum teve uma longa sequência como titular.

Com Dorival Junior, Sidão voltou a ter espaço. Dênis tem contrato encerrando no final do ano e ainda não há uma posição oficial do clube quanto a uma possível renovação. Renan Ribeiro tem contrato até maio do ano que vem, mas continua como reserva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.