Washington critica companheiros e cria crise no Flu

O clima nas Laranjeiras já anda azedo por conta do Fluminense não conseguir se desvencilhar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Ficou ainda pior depois das declarações do atacante Washington de que o time é muito dependente de seus gols e das jogadas do meia Conca, que desfalcará o time na próxima rodada contra o Coritiba, neste sábado, no Maracanã."Fico muito isolado. Fica difícil fazer gols contra três ou quatro zagueiros. Mais jogadores devem aparecer para tentar o gol", reclamou o centroavante, nesta terça-feira, dois depois da derrota para o Santos por 2 a 1, na Vila Belmiro.O técnico Cuca não ficou muito satisfeito e deixou isso bem claro, quando pediu que os jogadores não fizessem comentários neste momento. "Vale para todos. Não é hora de falar coisas que vão piorar o ambiente. Temos que falar pouquinho, quase nada ou nada. Precisamos é jogar e trabalhar bastante", comentou o treinador, que foi ainda mais direto em suas críticas a Washington quando o assunto foi o esquema, que supostamente o deixa isolado."O Kléber Pereira teve três participações e fez um gol. Contra o Grêmio, o Washington teve as mesmas três e não aproveitou. Poderia ter feito, né. A bola chegou e você tem que estar bem preparado para aproveitar o pouco que ela chega e fazer os gols", alfinetou Cuca.Os companheiros do atacante também não parecem muito animados com suas palavras. "Ele só faz os seus gols quando lá atrás fazemos um bom trabalho. Todos se ajudam dentro de campo", opinou o zagueiro Thiago Silva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.