Washington diz que não chega para ser titular no São Paulo

Recém-contratado prevê briga dura por duas vagas no time; Borges e Dagoberto estão na disputa

AE, Agencia Estado

28 de dezembro de 2008 | 08h57

A briga por um lugar no ataque são-paulino ficará mais acirrada em 2009. Washington, recém-contratado, Dagoberto e Borges brigam por duas vagas no time de Muricy Ramalho. Apesar de chegar do Fluminense com status de estrela, Washington disse que não se considera titular.Veja também:São Paulo começa 2009 na frente dos rivais paulistas Confira as novidades do mercado do futebol Paulistão 2009 - Tabela Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão  "São todos grandes jogadores. Não sei nem como vou conseguir uma vaga, já que é um grande ataque. O Dagoberto, o Borges e o André Lima são grandes jogadores e com certeza quem vai sair ganhando é o São Paulo. Saindo um e entrando outro a qualidade com certeza será a mesma", analisou o atacante.No Campeonato Brasileiro, Washington ganhou o duelo com Borges. O ex-jogador do Fluminense foi um dos artilheiros da competição, com 21 gols, ao lado de Kléber Pereira, do Santos, e Keirrison, do Coritiba - Borges fez 16 gols.Washington quer repetir o desempenho no São Paulo. "Com meus novos companheiros vivo a perspectiva de continuar lutando pelas artilharias. O primeiro objetivo é sempre coletivo, de títulos e conquistas. Mas sem dúvida nenhuma ser campeão e artilheiro é ainda melhor."Uma das opções de Muricy é escalar Washington ao lado de Borges, colocando Dagoberto no banco de reservas. Assim, o treinador manteria o esquema 3-5-2, apenas com mudanças nas peças. As novidades seriam Wagner Diniz, ex-Vasco, na lateral direita, e Júnior César, ex-Fluminense, na lateral esquerda.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCWashington

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.