Cesar Greco/Divulgação<br>
Cesar Greco/Divulgação

Washington diz que objetivo do Palmeiras é não levar gol em Minas

Volante admite dificuldades, diz que respeita o Cruzeiro, mas que a equipe paulista tem condições de conquistar pontos no jogo

DANIEL BATISTA, O Estado de S. Paulo

21 de outubro de 2014 | 12h00

Uma das novidades do Palmeiras para enfrentar o Cruzeiro, quarta-feira, às 19h30, no Mineirão, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, será Washington, que substitui Marcelo Oliveira, impedido de atuar por questões contratuais. O volante ganha uma nova oportunidade, em uma partida complicada contra o líder Cruzeiro e assegura que a equipe tem bem definido qual o primeiro objetivo.

"Temos que viajar com esse objetivo, respeitar o Cruzeiro, mas com o objetivo de ir até lá somar pontos, marcar forte e nosso primeiro objetivo é não tomar gols. E temos que aproveitar as oportunidades", disse o volante, que vai disputar o terceiro jogo com a camisa do Palmeiras.

Embora o Cruzeiro apareça com grande favoritismo, Washington assegura que a equipe não vai entrar em campo receosa ou com sentimento derrotista. "O Cruzeiro é o líder e sabemos das dificuldades, mas a partir do momento que entrarmos no ônibus, todos os jogadores têm que estar focado e em busca de um bom resultado", explicou.

O volante admite que a dificuldade em ter que enfrentar o melhor ataque da competição e com jogadores em boa fase, como Everton Ribeiro e Marcelo Moreno exibe uma atenção ainda maior. "São jogadores que tem que ser marcados de perto e podem desequilibrar a partida. Não só o Everton, mas toda a equipe. Esses jogadores têm que ser marcados forte", explicou o volante.

Além de Marcelo Oliveira, outro que não deve jogar pelo Palmeiras contra os mineiros é o zagueiro Lúcio, que sente dores na coxa esquerda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.