Washington diz ter sorte contra rival

Apesar da derrota para o Paraná (2 a 1), ontem, em casa, o atacante Washington estava feliz hoje. No final da tarde, o técnico Paulo Bonamigo confirmou que ele seria inscrito na Copa Libertadores. Na véspera, o treinador estava em dúvida entre o zagueiro Leonardo Silva e o atacante, que veio da Portuguesa. Agora, inscrito com a camisa 23, Washington não faz por menos: "Sempre jogo bem contra o São Paulo. Já marquei três gols em dois jogos." No Campeonato Paulista, Washington foi o carrasco do Tricolor e quebrou a invencibilidade do time do Morumbi. Marcou dois gols e a Portuguesa venceu por 2 a 1. E em 2002, no Torneio Rio-São Paulo, ele estava no Americano de Campos, deixou sua marca na partida do Morumbi: 4 a 3 para o São Paulo. Ele garante que vai fazer um gol no jogo de quarta: "A torcida pode esperar. Fui contratado para isso." Uma das estratégias para repetir o desempenho da última partida já foi colocada em prática por Washington: colocar todo o favoritismo para o São Paulo. "Todo mundo diz que o favoritismo é deles, então é melhor deixar isso para eles. Na época do Paulistão, quando eu estava na Portuguesa, era a mesma coisa: diziam que eles iam ganhar o título em cima da gente e não foi o que aconteceu." Ele sabe que há diferenças entre Portuguesa e Palmeiras. "É lógico que o respeito do São Paulo em relação à Portuguesa é um. E em relação ao Palmeiras é outro. Vai ser meu primeiro clássico com a camisa do Palmeiras, um jogo que o Brasil inteiro vai assistir." Sobre a derrota para o Paraná, Washington admite que o time sentiu o primeiro gol. "Apresentamos muitas falhas, mas temos tempo para que o ?professor? Bonamigo conserte os defeitos." O elenco está concentrado desde hoje à noite. O Palmeiras tem uma seqüência complicada nas próximas duas semanas: define a classificação na Libertadores, com o São Paulo, e, no Brasileiro, pega Cruzeiro e Santos. São quatro jogos difíceis. Por isso, Bonamigo já alertou seus jogadores sobre os próximos desafios. Deixou claro que o time deve se preocupar somente com a próxima partida. "Ele (Bonamigo) avisou que a imprensa ia especular sobre nossos jogos, que são muito difíceis, mas temos de nos concentrar na partida contra o São Paulo. Depois de quarta-feira a gente pensa no Cruzeiro", disse Washington. Hoje, o meia Cristian foi submetido a uma cirurgia para tirar pedras do rim. A previsão é de que fique três dias afastado. Bonamigo tem ainda o desfalque do zagueiro Nen, expulso contra o Cerro Porteño. Magrão e Pedrinho também estão fora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.