Washington em clima de despedida

O jogo do Atlético-PR contra o Botafogo, neste domingo, pode ser também a despedida do atacante Washington. Ele é pretendido por vários clubes, mas o mais provável é que vá para o Tokyo Verdy, do Japão. O próprio jogador, que é dono de seus direitos federativos e cujo contrato com o clube paranaense termina juntamente com o Campeonato Brasileiro, admite essa possibilidade."Se realmente acontecer uma despedida, que seja com título e, se não for com título, saio com a cabeça erguida, fazendo sempre o melhor, mostrando à torcida que sempre honrei a camisa e sempre dei o melhor pelo Atlético", afirmou Washington, artilheiro do Brasileiro, com 33 gosl marcados.Líder do elenco, Washington também tenta passar confiança para os demais jogadores e agradece aos torcedores. Afinal, o ânimo foi crescendo no centro de treinamento do Atlético na proporção em que as informações da venda de ingressos chegava. Até hoje, tinham sido vendidos 18 mil ingressos para o jogo de domingo.Outros 3 mil, com valores entre R$ 30,00 e R$ 60,00, já foram colocados à venda."Achar que já perdeu é para derrotados, pessoas covardes. A minha vida me ensinou a não desistir nunca", avisou o jogador, que conseguiu retornar aos campos após passar por uma cirurgia no coração.Para a partida decisiva de domingo, o técnico Levir Culpi não terá nenhum problema na escalação do time. Mesmo assim, insiste nos treinos secretos, permitindo a entrada de jornalistas somente nos minutos finais dos trabalhos. É quando ele tem procurado aperfeiçoar as cobranças de falta e de pênaltis. Em relação à derrota no último domingo para o Vasco, a alteração é a volta do meia Jadson no lugar de Raulen. Com isso, Fernandinho sai do meio e vai jogar na ala direita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.