Washington pede tranquilidade ao time do Fluminense

RIO - O Fluminense somou apenas cinco pontos nos últimos seis jogos, incluindo a derrota desta quarta-feira para o Corinthians, por 2 a 1, no Engenhão. Por isso mesmo, o atacante Washington avisa que é hora de ter tranquilidade, para sair dessa fase ruim. Mesmo porque, o time carioca segue na liderança do Brasileirão.

AE, Agência Estado

16 de setembro de 2010 | 00h46

Veja também:

link JOGO - Leia como foi Fluminense 1x2 Corinthians

SÉRIE A - tabelaClassificação | listaCalendário/Resultados

"Tem que ter tranquilidade, cabeça fria", pediu Washington, após a derrota desta quarta-feira, que deixou o Fluminense com os mesmos 41 pontos do Corinthians no campeonato. "Era um jogo que, no mínimo, tínhamos que manter a diferença (de três pontos sobre o vice-líder Corinthians). Agora é recuperar."

Segundo Washington, "é difícil explicar a fase" vivida pelo Fluminense nas últimas rodadas. Mas ele já projeta a reação no domingo, quando acontece o clássico contra o Flamengo. Como consolo, o atacante se isolou nesta quarta-feira na artilharia do Brasileirão, agora com 10 gols marcados.

Assim como Washington, o atacante Rodriguinho tentou manter a calma, apostando na recuperação do Fluminense. "Tem muito campeonato pela frente ainda. Agora é trabalhar para reverter isso nos próximos jogos", avisou o jogador, que entrou no intervalo da partida desta quarta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.