JF Diorio/AE
JF Diorio/AE

Washington reclama por ter ficado na reserva contra o Santos

'É aquela história: quando estou no jogo, saio mais cedo. Quando estou fora, entro mais tarde', ironizou o são-paulino

AE, Agência Estado

18 de abril de 2010 | 20h35

Washington não se conteve após a derrota para o Santos, neste domingo, e criticou as mudanças no time, promovidas pelo técnico Ricardo Gomes. O treinador deixou o atacante no banco de reservas e deu uma chance a Fernandinho, que começou entre os titulares.

Veja também:

link JOGO - Leia como foi Santos 3x0 São Paulo

blog BATE-PRONTO: Favoritismo à prova

lista PAULISTÃO: Calendário / Resultados

som TERRITÓRIO ELDORADO: Ouça os gols

"É aquela história: quando estou no jogo, saio mais cedo. Quando estou fora, entro mais tarde", reclamou Washington, que entrou em campo aos 10 minutos do segundo tempo, quando ainda estava 0 a 0.

Washington criticou as alterações na equipe em relação ao primeiro jogo da semifinal. Ricardo Gomes deixou Júnior César de fora para a entrada de Richarlyson na lateral-esquerda e preteriu Jean no meio-campo, que foi escalado com Rodrigo Souto, Hernanes, Jorge Wagner e Cleber Santana.

"Tentamos fazer o melhor, infelizmente não deu. O Santos foi melhor e mereceu vencer. Mas o que tinha de certo, estragamos", protestou Washington.

Ao saber das reclamações do atacante, o técnico Ricardo Gomes manteve a calma, mas reprovou a atitude do atleta. "Vou conversar com ele, aqui não cabe insatisfação. Ele não pode falar isso", respondeu o treinador, evitando a criação de uma crise no clube. "As mudanças não foram boas, o resultado mostra isso", reconheceu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.