Oli Scarff / AFP
Oli Scarff / AFP

Wayne Rooney é detido sob acusação de dirigir embriagado na Inglaterra

Atacante foi liberado e compareceu a treinamento do Everton após o ocorrido

Estadão Conteúdo

01 de setembro de 2017 | 11h10

O atacante Wayne Rooney foi detido no início da madrugada desta sexta-feira sob acusação de dirigir embriagado. A polícia do condado de Cheshire informou, por meio de um comunicado, que o jogador do Everton foi liberado nas primeiras horas da manhã após pagar fiança. O astro ainda foi intimado a comparecer a um tribunal no próximo dia 18, quando será julgado e uma sentença deverá ser anunciada após o atleta ter sido flagrado conduzindo sob efeito de quantidades de álcool acima da permitida pela lei.

O ídolo de 31 anos de idade, que deixou o Manchester United em julho passado e retornou ao clube que o lançou como jogador, foi parado pelos policiais e detido pouco depois das 2 horas desta sexta quando guiava um Volkswagen Beetle na Altrincham Road, em Wilmslow, localidade que fica a cerca de 18 quilômetros de Manchester.

Depois de deixar o United após 13 anos no clube de Old Trafford, Rooney anunciou no mês passado a sua aposentadoria da seleção inglesa. Ele defendeu a camisa da Inglaterra por 14 anos e se tornou o maior artilheiro da história da equipe nacional, com 53 gols em 119 partidas.

Rooney já balançou as redes por duas vezes pelo Everton neste início de temporada, na qual a equipe voltará a atuar no próximo dia 9, contra o Tottenham, em casa, pela quarta rodada do Campeonato Inglês. O clube de Liverpool, por sinal, evitou comentar o episódio envolvendo o seu jogador na manhã desta sexta.

O atacante precisou passar as últimas horas da madrugada de sexta-feira sob custódia da polícia antes de deixar a delegacia de Middlewich, em Cheshire, ao ser apanhado pelo seu empresário, Paul Stretford, no início da manhã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.