José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Weldinho esquece rival Corinthians e quer espaço no Palmeiras

Lateral comemora o fato de não ter sofrido rejeição da torcida

DANIEL BATISTA, Agência Estado

15 de junho de 2013 | 12h33

SÃO PAULO - Contratado até de forma surpreendente no início do ano, o lateral-direito Weldinho acredita em dias melhores no Palmeiras. O jogador chegou do rival Corinthians e em pouco tempo assumiu a vaga de titular, mas atualmente fica como opção no banco de reservas. Embora não esteja sendo utilizado pelo técnico Gilson Kleina, o atleta garante que o foco é continuar no clube e dar muitas alegrias para a torcida.

"Quero ficar aqui. O Palmeiras está começando um novo trabalho e eu não tenho dúvidas que vai ser muito bom o resultado final", disse.

Weldinho comemora o fato de não ter sofrido rejeição da torcida pelo fato de ter vindo do rival, mas sabe que isso ainda pode mudar um dia. "A torcida me recebeu bem e não vi esse problema. Acho que a melhor forma de mostrar que o passado ficou para trás é jogando bem", destacou.

Apesar da confiança, o lateral admite que ficou surpreso em conseguir ser contratado pelo Palmeiras mesmo saindo pela porta dos fundos do rival Corinthians e garante que não conseguiu ter sucesso no rival por falta de sequência de jogos.

"Quem entende de futebol sabe o quanto é importante ter sequência de trabalho. Tive quando cheguei ao Corinthians, mas me machuquei, perdi espaço e quem entrou em meu lugar foi bem. Jamais deixei de trabalhar, prova disso é que estou no Palmeiras. O Tite tem suas preferências e tinha que respeitar, por isso nunca desanimei. Deus colocou o Palmeiras em minha vida", contou o jogador, que assinou contrato de quatro anos com o time alviverde.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasWeldinho, Série B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.