Welinton espera se firmar no Flamengo em 2011

Criticado pela torcida em suas primeiras partidas como titular do Flamengo, o zagueiro Welinton conseguiu conquistar a posição e se firmar, apesar do momento conturbado do time, que lutava para não ser rebaixado no Campeonato Brasileiro. Com uma nova temporada chegando e com mais tranquilidade no clube, o jogador espera um ano melhor em 2011.

AE, Agência Estado

17 de dezembro de 2010 | 12h23

"Espero fazer uma grande pré-temporada, continuar sendo titular e almejo grandes conquistas para a próxima temporada. Vamos crescendo na vida, aprendendo desde novo, de pequeno. A pressão todo mundo que está aqui sabe que tem. Temos de encarar de peito aberto, para o que der e vier. Venho entrando (no time) sempre desde o ano passado, ganhando meu espaço e fico muito feliz com isso. Quero ajudar o Flamengo e conquistar muita coisa aqui ainda", declarou Wellinton, em entrevista publicada pelo site oficial do Flamengo.

Para Welinton, a chegada do técnico Vanderlei Luxemburgo foi fundamental para sua afirmação na equipe. "O professor Luxemburgo me deu a chance de mostrar meu trabalho e espero no ano que vem dar sequência à minha carreira e ajudando o Flamengo. Ele conversa com todos. Talvez, por eu ser mais novo, ele procure dar um pouco mais de atenção, ensinar, e eu procuro fazer sempre o que ele pede: ter pegada e velocidade", afirmou.

O jogador acredita que faz o estilo que agrada o treinador, como "zagueiro-zagueiro", expressão utilizada pelo próprio treinador para explicar a convocação de Odvan para a seleção brasileira, em 1999.

"Realmente tenho a característica de ser um ''zagueiro-zagueiro'', jogando sem brincadeira e fazendo o simples lá atrás, mas, hoje em dia, acredito que fazer o simples é fazer bonito. O Vanderlei aprova isso e chegou avisando que lá atrás não pode ter brincadeira", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.