Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Wellington agradece apoio de Muricy e promete melhorar no São Paulo

Volante espera mais chances com técnico que o lançou no time profissional, na temporada de 2008

Agência Estado

28 de janeiro de 2014 | 12h37

SÃO PAULO - O técnico Muricy Ramalho retornou ao São Paulo em setembro, mas é um velho conhecido de Wellington. Afinal, o volante ganhou as suas primeiras chances no clube em 2008, exatamente com o treinador. Em sua sétima temporada pelo clube, ele agradeceu a confiança que recebe do comandante.

"O Muricy me conhece bem, porque foi o treinador que me subiu da base para o profissional. Com ele, já joguei em várias funções e isso facilitou bastante. Ele me conhece bem e sabe que eu me esforço muito. Meu diferencial tem sido na parte física, porque dificilmente me canso, e isso facilita para o treinador. Estou feliz e quero ajudar o São Paulo, porque isso é o mais importante", afirmou, ao site oficial do São Paulo.

Wellington admitiu que ainda precisa melhorar e explicou que tem se preocupado mais com os fundamentos básicos no início de 2014. "Tenho que tentar melhorar sempre, e me cobro bastante para que isso aconteça. Nesses primeiros jogos do ano, fiquei mais atento aos fundamentos mais simples do futebol, como passe e lançamento, para que seja um ano de vitórias para mim e para o São Paulo. Quero muito conquistar mais títulos aqui e dar alegrias ao torcedor. E acredito que esses pequenos detalhes dentro de campo poderão ajudar", completou.

Focado no São Paulo, Wellington espera voltar a ser campeão pelo clube - faturou o Campeonato Brasileiro em 2008 e a Copa Sul-Americana em 2012. "Fiquei feliz com as propostas, mas o São Paulo me valorizou. Agora, quero fazer um bom ano e entrar para a história do clube, porque esse é o meu grande desejo. Tenho que ficar focado apenas em jogar futebol e ajudar a equipe", finalizou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCWellington

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.