Paulo Fernandes/Vasco
Paulo Fernandes/Vasco

Wellington diz que Zé Ricardo é o responsável pela boa fase do Vasco

Sob o comando do treinador, equipe alcançou quatro jogos sem perder pela primeira vez no Brasileiro

Estadão Conteúdo

16 Outubro 2017 | 15h46

A vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, no último sábado, no Maracanã, levou o Vasco a atingir uma importante marca, pois o time atingiu pela primeira vez uma sequência de quatro jogos sem perder no Campeonato Brasileiro. Titular em todos esses compromissos, o volante Wellington celebrou o bom momento do time carioca e também dele próprio, além de ter declarado que os méritos são do técnico Zé Ricardo.

+ Zé Ricardo exalta atitude do Vasco em vitória e pede que equipe 'mantenha ritmo'

"Esse momento tem muita participação do Zé Ricardo. Ele é um excelente treinador, diferenciado, sabe lidar com o vestiário e com a característica de cada atleta. Eu evoluí muito com a chegada dele. O Zé soube usar minha característica pro time, tanto na posse de bola quanto na chegada mais na frente, e me deu a liberdade que eu sempre tive nas equipes que joguei. Nunca fui um atleta de fazer só o que o treinador pede, mas tô sempre em busca de algo a mais. Ele é um treinador que entende muito bem isso e sabe tirar esse algo a mais dos seus jogadores. Fico feliz em trabalhar com esse técnico acima da média do futebol brasileiro", afirmou.

A série tirou o Vasco da proximidade da zona de rebaixamento do Brasileirão e o deixou colado na briga por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores, pois é o oitavo colocado, com 39 pontos, a quatro do rival Flamengo, que está ficando com a última vaga no torneio continental, na sétima posição. Wellington assegurou que mesmo nos piores momentos o elenco acreditou que a sua briga era pelas primeiras posições.

"Nossa preocupação sempre foi chegar na Libertadores. Sabemos que a disputa está acirrada, todos muito próximos, mas o nosso pensamento sempre foi brigar na parte de cima. Por mais que ocorram tropeços, temos que buscar força, fôlego e coragem para conseguir reverter isso. Foi o que a gente acabou fazendo, com a ajuda dos atletas experientes e dos mais novos pegando bagagem. Mostramos que temos condições de fazer grandes jogos e ganhar grandes jogos. Acredito que daqui pra frente teremos um novo Vasco", afirmou.

Embalado, o Vasco agora vai encarar o Atlético-GO, na próxima quarta-feira, no Serra Dourada. Wellington exibiu respeito pelo lanterna do Brasileirão, mas destacou que o time precisa se impor. "Agora temos um jogo muito difícil, contra o Atlético Goianiense, fora de casa. Temos que ir até lá com o pensamento de conquistar a vitória, respeitando o adversário mas impondo nosso ritmo de jogo para conquistar o resultado favorável", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.