Wellington herda vaga de Henrique na zaga do Palmeiras

Valdivia deve atuar apenas 45 minutos diante do Penapolense

Daniel Batista, Agência Estado

29 de janeiro de 2014 | 18h09

SÃO PAULO - Com a venda no dia anterior do zagueiro e capitão Henrique para o Napoli, o técnico Gilson Kleina escolheu nesta quarta-feira o garoto Wellington para ser o titular do Palmeiras diante do Penapolense, nesta quinta, no Pacaembu, pela quarta rodada do Paulistão. Revelado nas categorias de base do clube, o jovem jogador de 22 anos será o companheiro do veterano Lúcio, que tem 35 anos.

Exceção à troca obrigatória na zaga, Gilson Kleina resolveu manter a mesma escalação do último jogo, quando o Palmeiras goleou o Atlético Sorocaba, domingo passado, por 4 a 1. Até o meia chileno Valdivia está confirmado para enfrentar o Penapolense, o que fará com que dispute a sua segunda partida seguida na temporada, descartando um possível descanso para evitar a sobrecarga física.

Apesar de estar escalado para o segundo jogo seguido, depois de realizar um trabalho reforçado na pré-temporada e ter estreado apenas na terceira rodada do Paulistão, Valdivia deve ficar em campo apenas 45 minutos diante do Penapolense. A ideia da comissão técnica é que ele seja preservado para domingo, quando o Palmeiras faz o clássico com o São Paulo também no Pacaembu.

Assim, a escalação palmeirense para o jogo desta quinta-feira tem Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Wellington e Juninho; Marcelo Oliveira, Wesley, Mazinho e Valdivia; Leandro e Alan Kardec. Curiosamente, o Penapolense também treinou na Academia de Futebol na tarde desta quarta, logo depois da atividade do Palmeiras, como preparação para o confronto entre eles.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasWellington

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.