Lucas Merçon/Fluminense
Lucas Merçon/Fluminense

Wellington Nem é regularizado e treina com o grupo, mas não deve pegar São Paulo

Presença de Thiago Silva no CT do Fluminense chamou a atenção dos jogadores e dos torcedores nas redes sociais

Redação, Estadão Conteúdo

25 de julho de 2019 | 19h27

Wellington Nem está liberado para atuar pelo Fluminense. O nome do atacante foi registrado, nesta quinta-feira, no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, mas sua escalação diante do São Paulo, neste sábado, às 19 horas, no Maracanã, é improvável.

Apresentado como reforço na sexta-feira passada, o jogador só tem uma semana de treinamento e estava em férias, em função do fim da temporada europeia, até se apresentar ao Fluminense. Além disso, nesta quinta-feira, Wellington Nem participou do primeiro treino com o elenco do Fluminense.

Outra boa notícia nas Laranjeiras foi a presença de João Pedro, ausente no jogo contra o Peñarol, no Uruguai. O atacante está recuperado de uma pancada no tornozelo direito e deve ser liberado para atuar nos próximos dias.

O técnico Fernando Diniz orienta nesta sexta-feira o último treino da equipe antes do jogo com o São Paulo. Com nove pontos, a equipe é a 17ª colocada no Brasileiro, a primeira na zona da degola. Na terça-feira, o time enfrenta o Peñarol, pelo jogo de volta das oitavas de final da Sul-Americana, e vai precisar de um empate para ficar com a vaga, pois venceu no Uruguai por 2 a 1.

Visita ilustre

O zagueiro Thiago Silva, do Paris Saint-Germain, passa férias no Rio e nesta quinta-feira aproveitou para fazer exercícios no centro de treinamento do clube, acompanhado de seus filhos. Com a ajuda do auxiliar técnico Marcão, seu amigo e companheiro de Fluminense, o jogador da seleção brasileira se exercitou em campo e na academia.

A presença do zagueiro, de 34 anos, chamou a atenção dos torcedores nas redes sociais, que pediram para quem a diretoria "trancasse" o ídolo no clube. Thiago Silva viaja nos próximos dias para a China, onde vai se apresentar ao PSG, que faz pré-temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.