Wellington Nem promete 'agarrar' chance na seleção

Atacante do Fluminense quer usar vaga no Superclássico das Américas para se firmar no time de Mano Menezes

O Estado de S. Paulo

11 de setembro de 2012 | 19h30

RIO - Líder do Campeonato Brasileiro, o Fluminense comemora nesta terça-feira a convocação de três dos seus jogadores para defenderem o Brasil no primeiro jogo do Superclássico das Américas, quarta-feira que vem, em Goiânia. Carlinhos, Wellington Nem e Thiago Neves representam o time tricolor na lista divulgada durante a madrugada pelo técnico Mano Menezes.

Destes, o único novato na seleção principal é Wellington Nem, que viveu a expectativa de ir à Olimpíada, acabou ficando de fora da lista final, e agora recebe uma chance na seleção que reúne apenas jogadores que atuam dentro do Brasil. "Estava esperando essa oportunidade e ela veio. Agora é agarrar com unhas e dentes. Qualquer convocação para a seleção é difícil, só tem fera. Essa tem os caras mais experientes também. É mais difícil ainda. É sempre bom jogar contra a Argentina e sempre dei sorte, ganhei a maioria", disse o garoto de 20 anos, lembrando das categorias de base.

Outra surpresa foi a convocação de Carlinhos, o lateral-esquerdo titular do Fluminense. O jogador passou pela seleção seis anos atrás e agora recebe nova chance. "Estava buscando isso desde quando vim para o Fluminense e, agora, aconteceu. Todo mundo que acompanha nosso trabalho e nos vê chegando duas horas antes dos treinos, fazendo um trabalho de fortalecimento e musculação, enxerga que chegou o resultado."

Já Thiago Neves compõe a lista dos jogadores mais experientes da convocação, junto com nomes como Luis Fabiano e Jefferson. Ele acredita que a mistura de gerações vai fazer bem à seleção. "A mescla da juventude com a experiência pode dar muito certo. A gente tem um pouquinho mais de conhecimento e a rapaziada que vem chegando está jogando muita bola", apontou o meia.

Antes de irem para a seleção, os três jogam mais duas vezes pelo Fluminense. Nesta quarta-feira o compromisso é contra a Portuguesa, pelo Brasileirão. "A Portuguesa está evoluindo, vem fazendo grandes jogos e tem um atacante em grande fase (Bruno Mineiro). Vamos enfrentar um time em evolução. Sabemos que vai ser complicado, mas vamos em busca dos nossos objetivos", comentou Carlinhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.