Wellington Paulista deve ficar no banco em jogo da Copa do Brasil

Palmeiras irá enfrentar Santo André e Felipão afirma que ex-atacante cruzeirense não será titular

AE, Agência Estado

10 de abril de 2011 | 13h25

SÃO PAULO - A chegada de Wellington Paulista acabou com a escassez de centroavantes no elenco do Palmeiras, mas nem por isso o atacante será titular na partida contra o Santo André, quarta-feira, no Estádio Bruno José Daniel, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. De acordo com o técnico Luiz Felipe Scolari, o novo reforço deverá ficar no banco de reservas no próximo compromisso.

Wellington Paulista foi emprestado ao Palmeiras pelo Cruzeiro até o final de 2011 e não pode participar do Campeonato Paulista porque o prazo de inscrições já está encerrado. "Ele chegou agora, não tem como eu escalar ele. Se no treino de segunda eu ver que ele está muito bem, posso até pensar em alguma possibilidade, mas à princípio ele fica no banco", afirmou Felipão.

O Santo André é o penúltimo colocado do Campeonato Paulista, mas o técnico refuta a possibilidade do Palmeiras encontrar facilidades no duelo na Copa do Brasil. "O Santo André vem de alguns resultados negativos, mas Copa do Brasil é sempre complicado. Conheço bem esse tipo de disputa e é importante tentar fazer um bom resultado fora de casa. Vamos ao Bruno José Daniel respeitando o nosso rival e sabendo que eles vão dar a vida para continuar bem na competição", disse.

Felipão ficou satisfeito com o desempenho do Palmeiras na vitória por 2 a 0 sobre o Grêmio Prudente, sábado, no Estádio do Canindé, pela penúltima rodada do Campeonato Paulista. O treinador lembrou as ausências de Cicinho, Rivaldo, Kleber e Patrik para exaltar a qualidade do seu elenco.

"Hoje já temos uma situação definida de elenco. Mesmo com desfalques, os jogadores que entram dão conta do recado e mantém o padrão tático. Isso mostra que não preciso me preocupar mesmo quando perco peças importantes. O time fica equilibrado mesmo com a entrada desses atletas que saem do banco e isso me deixa muito satisfeito", comentou.

O treinador revelou que já observa os possíveis adversários do Palmeiras nas quartas de final do Campeonato Paulista. "De repente vamos pegar o sétimo ou oitavo colocado, depende de onde vamos terminar, se em primeiro, segundo ou terceiro. Estamos atentos. E qualquer adversário será muito difícil. O regulamento do Paulistão, com apenas uma partida para decidir a classificação, é bastante perigoso. Vai ser difícil contra qualquer adversário".

Veja também:

link JOGO - Leia como foi Palmeiras 2 x 0 Grêmio Prudente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.