Wellington Paulista ignora crise e vê Cruzeiro evoluindo

Sem vencer há quatro partidas, o clima do Cruzeiro não é dos melhores. Após o empate com o Vasco, no último domingo, o técnico Celso Roth lamentou as opções limitadas do elenco, e viu o presidente do clube, Gilvan Tavares, rebater as críticas. Apesar do ambiente conturbado e da má fase em campo, o atacante Wellington Paulista garantiu que a equipe está evoluindo.

AE, Agência Estado

20 de setembro de 2012 | 17h26

"Fizemos um jogo muito bom contra o Vasco. A gente criou muitas oportunidades de gol, não concluímos e ficamos com um empate. Aconteceu o mesmo contra o Sport e contra o Figueirense (derrotas por 2 a 1 e 2 a 0, respectivamente). Mas eu acredito que estamos melhorando a parte tática e trabalhando muito mais a bola", declarou.

O atacante ainda admitiu que o principal problema cruzeirense tem sido o aproveitamento nas finalizações. "Por isso mesmo contra o Vasco criamos mais chances de gol e também jogamos melhor. Agora só falta concluirmos as oportunidades que tivermos nas partidas para que possamos vencer os jogos e retomarmos a confiança naturalmente".

Até por acreditar que o Cruzeiro está em ascensão, Wellington Paulista discordou que o São Paulo seja favorito para o confronto entre as equipes, que acontecerá neste domingo, no Morumbi, pela 26.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Não acho que tenha favoritismo, até porque são duas equipes grandes que estão em busca do G4. Lógico que aconteceram alguns tropeços tanto do Cruzeiro quanto do São Paulo, mas eu acredito que o mais importante é sabermos que temos condições de vencer. Vamos para São Paulo em busca dos três pontos", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.