Wellington Paulista marca 2 vezes em seu primeiro treino no Palmeiras

O atacante pode reforçar o time de Felipão já na partida de quarta-feira contra o Santo André

AE, Agência Estado

11 de abril de 2011 | 20h31

Contratado para ser o homem de área do Palmeiras e resolver o problema já crônico da falta de um finalizador, o atacante Wellington Paulista deixou uma boa primeira impressão nesta segunda-feira, no seu primeiro coletivo junto com o restante do elenco alviverde. No treino desta tarde na Academia de Futebol, o ex-cruzeirense marcou duas vezes na vitória dos titulares sobre os reservas por 4 a 1 - Luan fez os outros dois.

Wellington já pode estrear como titular do Palmeiras, na quarta-feira, contra o Santo André, no confronto que abre as oitavas de final da Copa do Brasil. No coletivo desta segunda-feira, Felipão testou a equipe que deve ir a campo no estádio Bruno José Daniel.

A principal dúvida é no meio. Valdivia, que jogou parte da partida contra o Prudente, no sábado, se revezou no coletivo desta segunda com Luan e Tinga nas duas vagas no meio-campo. Lincoln, que também disputa posição, ficou fazendo reforço muscular e não foi a campo.

Outro que não participou do coletivo foi Deola, que fez um trabalho à parte para se readaptar à bola utilizada na Copa do Brasil, e que é diferente daquela usada nos jogos do Campeonato Paulista. O goleiro palmeirense defende uma série de quatro jogos sem levar gols, mas minimiza o feito. Ele quer a classificação.

"O nosso momento é excelente e merece ser valorizado por todos nós. Mas pode não valer de nada lá na frente. Sabemos que a responsabilidade vai ser grande se a gente não manter o ritmo na fase final. Sei que as estatísticas são favoráveis, mas se eu sofrer um gol no mata-mata e o time não vencer, de nada vai ser importante ter ficado tanto tempo com essa marca", disse Deola.

Apesar do bom momento, Deola segue afirmando que Marcos é o titular da meta palmeirense: "Fico feliz por dar esse tempo para o Marcos, se assim posso dizer. Muitas vezes o Marcos voltou precipitadamente por causa da necessidade e da pressão de tê-lo em campo. Também sinto que todos estão mais confiantes com as minhas atuações e, quando o Marcos se sentir bem e à vontade, certamente voltará na condição de titular."

 

Veja também:

video VÍDEO: Lateral do Palmeiras enaltece importância de Wellington Paulista ao elenco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.