Wembley trocará gramado após críticas de técnicos

O gramado do Estádio de Wembley será trocado após o encerramento da temporada, depois de ser criticado pelos treinadores das equipes que atuaram no final de semana pelas semifinais da Copa da Inglaterra. O Chelsea venceu o Arsenal por 2 a 1, no sábado, enquanto o Everton eliminou o Manchester United na disputa de pênaltis.

AE-AP, Agencia Estado

20 de abril de 2009 | 12h34

Wembley foi reaberto há dois anos, depois de uma reforma que custou 890 milhões de euros (aproximadamente R$ 2,6 bilhões). No entanto, a cobertura do estádio atrapalha a entrada de raios solares. Além disso, a realização de shows e eventos de outros esportes danificam o gramado.

"A equipe que trabalha no gramado tem feito varias melhorias desde a abertura de Wembley, mas sua manutenção tem sido um desafio. O Estádio de Wembley tem trabalhado continuamente com consultores independentes sobre os motivos dos problemas e analisando os trabalhos de manutenção e composição da grama", afirma a Associação de Futebol da Inglaterra em nota oficial.

Técnico do Arsenal, Arsène Wenger avaliou o gramado de Wembley como "um desastre" e "ridícula" depois que sua equipe perdeu para o Chelsea por 2 a 1. Já Alex Ferguson disse que o gramado "parecia morto" e dificultou o desempenho do Manchester United contra o Everton.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolWembleygramado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.