Werder Bremen confirma Robin Dutt como novo técnico

O Werder Bremen confirmou nesta segunda-feira que Robin Dutt deixará o seu cargo de diretor esportivo da Federação Alemã de Futebol (DFB, na sigla em alemão) para se tornar o novo técnico da equipe. Ele assumirá o lugar de Thomas Schaaf, que deixou o clube no último dia 15 após 14 anos no comando - era o treinador mais longevo em atividade em um mesmo time na Alemanha.

AE, Agência Estado

27 Maio 2013 | 12h21

Dutt, de 48 anos, irá assinar um contrato para dirigir o Werder Bremen até 30 de junho de 2016. O clube festejou o acordo firmado com a DFB para liberação do técnico, que havia fechado acordo para trabalhar para a entidade depois de ter comandado o Bayer Leverkusen na temporada 2011/2012. Antes disso, ele ainda substituiu Volker Finke no Freiburg e garantiu o retorno do clube à elite do futebol alemão.

"Com Robin Dutt, nós adquirimos o candidato ideal para o nosso posto de técnico e estamos convencidos de que iremos ter um novo começo bem-sucedido com ele. Gostaríamos de aproveitar esta oportunidade para agradecer à DFB, que tornou essa transferência possível com a sua liberação", disse o diretor esportivo do Werder Bremen, Thomas Eichin.

Dutt, por sua vez, comemorou a nova oportunidade que terá em sua carreira. "O Werder Bremen é um grande clube e um trabalho muito interessante que vou assumir com muita dedicação", prometeu o treinador, que será apresentado oficialmente como novo comandante do time nesta terça-feira.

Mais conteúdo sobre:
futebolWerder BremenRobin Dutt

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.